Bolsonaro enfrenta julgamento de três ações no TSE nesta semana por conduta no 7/9

Foto: Sérgio Lima/Poder360

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retoma na próxima terça-feira (31) o julgamento de três ações que investigam a conduta do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e do ex-ministro-chefe da Casa Civil Walter Braga Netto durante o Bicentenário da Independência, em 2022. A expectativa de ministros da Corte é que o ex-presidente seja condenado.

Até o momento, o placar está em 2 a 1 para condenar o ex-presidente. O relator, ministro Benedito Gonçalves, votou para declarar a inelegibilidade de Bolsonaro por campanha eleitoral com recursos públicos no 7 de Setembro do ano passado. Além disso, votou pela aplicação de multa a Bolsonaro de R$ 425.640. O ministro também se manifestou contra a inelegibilidade de Braga Netto, mas pela aplicação de multa de R$ 212.820 ao ex-candidato a vice.

Os ministros analisam em plenário três ações que investigam a conduta do ex-presidente e de Braga Netto durante o Bicentenário da Independência. Os processos tratam de um suposto desvio de finalidade das comemorações, que teriam sido usadas como ato de campanha eleitoral do então candidato à reeleição.

R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário