Com governadores, Lula anuncia que BNDES vai financiar R$ 1,7 bi em projetos no semiárido, sendo R$ 151 milhões do RN

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lançou, nesta terça-feira (24), em solenidade no Palácio do Planalto em Brasília, o projeto “Sertão Vivo, Semeando Resiliência Climática em Comunidades Rurais do Nordeste”.

O projeto é uma iniciativa do Governo Federal com financiamento do BNDES em parceria com o Fundo Internacional das Nações Unidas para a Agricultura (Fida).

A governadora Fátima Bezerra (PT) participou do lançamento e destacou que a iniciativa faz justiça aos estados nordestinos. Ela disse que o Rio Grande Norte será beneficiado com o atendimento a 38 mil famílias e investimento de R$ 151 milhões.

“O projeto traz segurança hídrica, apoio à produção de alimentos saudáveis e sustentáveis gerando desenvolvimento social e econômico, o que refletirá na melhora efetiva da qualidade de vida da nossa população”, enfatizou Fátima Bezerra.

O projeto Sertão Vivo vai financiar projetos voltados para garantir o acesso à água, segurança alimentar e demais necessidades básicas da população do semiárido nordestino inicialmente nos estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará e Pernambuco.

O investimento é de R$ 1,75 bilhão para atender ao todo 430 mil famílias. No RN, serão atendidas 38 mil famílias de produtores familiares, assentados da reforma agrária e de comunidades tradicionais como indígenas e quilombolas.

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante disse que o Sertão Vivo “não é só um projeto social”.
“Mais que isso, é um campo de pesquisa para o país diante do enfrentamento à crise climática e a necessidade urgente de reverter o aquecimento global. É um projeto estratégico para o Brasil dar um salto histórico de qualidade”, avaliou.

Presidente do Consórcio Nordeste e governador da Paraíba, João Azevedo (PSB) destacou a importância do projeto para promover o desenvolvimento e a qualidade de vida beneficiando a população do semiárido.

Confira as principais ações contempladas:Acesso à água;
Aumento da produtividade e a segurança alimentar das famílias beneficiadas;
Ampliar a resiliência dos sistemas de produção agrícola;
Restaurar ecossistemas degradados; e
Promover a redução das emissões de gases do efeito estufa.

0 Comments:

Postar um comentário

Curta Nossa Página

Posts Recentes

Marcadores

PREVISÃO DO TEMPO

VSFM 104,9-Voz Serrinhense