Debate sobre fim de reeleição do Executivo deve ser adiado para 2024, diz colunista

O debate sobre o fim da reeleição no Executivo, além do aumento da duração do mandato de quatro para cinco anos, devem ficar para 2024, devido a agenda econômica que rodeia o Senado. A proposta é defendida pelo presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). As informações são da coluna Lauro Jardim, do jornal O Globo.

A proposição de Pacheco abre margem para que o fundo eleitoral, que também está sendo debatido no Congresso, pois os parlamentares defendem o aumento da verba para R$ 5 bilhões, seriam reduzidos para uma vez a cada cinco anos.

Nos bastidores, o chefe do Legislativo vem informando aos seus colegas que se posicionará contra o tema. Atualmente, o fundo eleitoral gira em torno de R$ 2,5 bilhões.

*Robson Pires

0 Comments:

Postar um comentário

Curta Nossa Página

Posts Recentes

Marcadores

PREVISÃO DO TEMPO

VSFM 104,9-Voz Serrinhense