Israel permite ajuda humanitária em Gaza pelo Egito

Foto: Reuters
Israel afirmou nesta quarta-feira (18) que permitirá ao Egito entregar ajuda humanitária à Faixa de Gaza.
O gabinete do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que a decisão foi aprovada após um pedido do presidente dos EUA, Joe Biden.

Mais cedo, Biden já havia dito que Israel concordou em permitir que o Egito envie ajudas humanitárias ao povo de Gaza com a condição de não ser enviada a membros do Hamas.

Num comunicado, o gabinete de Netanyahu afirmou que “não impedirá” as entregas de alimentos, água e medicamentos, desde que os fornecimentos não cheguem ao Hamas.

O comunicado de Israel não menciona o envio de combustível, item essencial para fazer funcionar os geradores que suprem a falta de energia em Gaza, inclusive em hospitais.

Não estava claro quando a ajuda começaria a fluir. A passagem de Rafah, no Egito, tem apenas capacidade limitada e o país afirma que foi danificada por ataques aéreos israelenses.

Israel, que controla a maioria das passagens para Gaza, afirma que não permitirá entregas a partir do seu território. Também exigiu que a Cruz Vermelha Internacional fosse autorizada a visitar israelenses raptados e mantidos em cativeiro em Gaza.


G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário