Marido da cantora gospel Samara Mariano confessa o crime e é preso

O marido da cantora gospel e pastora Samara Mariano, Ederlan Mariano, confessou a autoria do crime e foi preso. Ele havia sido encaminhado para a 25ª DT (Dias D’ávila), no início da noite desta sexta-feira (27), para depor sobre o caso.
Ederlan foi ouvido pelo delegado Euvaldo Costa, que investiga o crime. Durante o depoimento, o suspeito confessou que levou o celular da vítima para ser apagado e reiniciado em uma loja de celular, conforme informações publicadas por Luiz Bacci.
O corpo da cantora foi encontrado nesta sexta, na BA-093, na região de Dias D’ávila. O cadáver estava completamente queimado e foi achado em uma região de mata, às margens da estrada. Ederlan foi o responsável por confirmar a identidade.

Irmã desconfiava do cunhado
Mais cedo, em entrevista ao BNews, a irmã da pastora, Soraya Correa, contou que acreditava que Ederlan era o principal suspeito do crime.
“Ele não valia nada. Eu só estava esperando a ‘bomba’ estourar porque eu esperava encontrar minha irmã em vida. Para minha mãe, o suspeito é ele. Foi ele e mais alguém que planejou isso. Não sei por que ele fez isso, mas a justiça, em nome de Jesus, será feita”, declarou a jovem.
Ainda segundo Soraya, a pastora nunca havia denunciado qualquer agressão física por parte do homem, no entanto, ele costumava beber com frequência e quebrar objetos da casa da cantora. “Ele se dizia pastor, mas bebia todos os dias, quebrava tudo em casa”, explicou.
Questionada sobre a suposta apresentação a qual Sara Mariana iria em Dias d’Ávila, Soraya declarou acreditar que esse evento jamais existiu. “Fiquei sabendo dessa apresentação através dele e ele só me contou na quarta-feira que ela tinha sumido”, disse a entrevistada.


Fonte: Bnews

Nenhum comentário:

Postar um comentário