Resposta de Israel ao “terrorismo” do Hamas é “insana”, diz Lula


Reprodução
O presidente Lula comentou nesta 6ª feira (20) sobre a guerra entre Israel e o Hamas durante evento de 20 anos do Bolsa Família, no Ministério do Desenvolvimento Social, ao vivo por videoconferência. Segundo o petista, a ocasião o fez lembrar das “crianças que já morreram na Faixa de Gaza” desde o início da guerra, em 7 de outubro. Ele classificou o ataque do Hamas como um “ato de loucura” e de “terrorismo” e a resposta israelense como “insana”.

“E hoje, quando o programa Bolsa Família completa 20 anos, eu fico lembrando que 1500 crianças já morreram na Faixa de Gaza. Crianças que não pediram que o Hamas fizesse aquele ato de loucura que fez, de terrorismo, atacando Israel. Mas também não pediram para que Israel reagisse e forma insana e matasse eles”.

Foi a 1ª aparição publicação do presidente desde que realizou 2 procedimentos cirúrgicos, no quadril e nas pálpebras, em 29 de setembro.

Lula ficou isolado sem receber visitas no Palácio da Alvorada desde que recebeu alta do hospital em Brasília até 13 de outubro. Nesse período, ele teve poucas reuniões por vídeo e ligações com chefes de estado de outros países.

Nesta semana, o presidente retomou agendas presenciais no Alvorada, mas ainda não tem uma data definida para retomar os trabalhos no Palácio do Planalto.

No vídeo, o presidente estava sentado em um sofá ao lado da primeira-dama, Janja da Silva. Acenou para o público do auditório, que começou a entoar: “Olê, olê, olá, Lula, Lula”.

0 Comments:

Postar um comentário

Curta Nossa Página

Posts Recentes

Marcadores

PREVISÃO DO TEMPO

VSFM 104,9-Voz Serrinhense