Suspeitos de assassinar três pessoas da mesma família morrem em confronto com a polícia no Ceará

Os dois suspeitos respondiam por tráfico de drogas e pertenciam à facção criminosa.
Os dois homens suspeitos de assassinar três pessoas da mesma família foram mortos após confronto com a polícia, neste domingo (22), em Jaguaribe, a 225 km de Fortaleza.
Eles foram identificados como Renan dos Santos Martins, 23 anos, e Alison Silva Almeida, 28 anos. Ambos respondiam por tráfico de drogas e eram membros de facção criminosa.
Os dois invadiram uma residência no sábado (21) para tentar matar o membro de uma facção rival; o alvo havia fugido, e a dupla acabou matando a família dele, o pai, a mãe e a irmã.

Domínio do tráfico de drogas
Conforme apuração da TV Verdes Mares, os assassinos são membros de uma facção criminosa rival do bando de Lucas, que eles queriam matar, e o crime foi motivado por confronto entre grupo pelo domínio do tráfico de drogas.
Dois homens chegaram de motocicleta e invadiram a residência. Depois que Lucas conseguiu fugir, os criminosos atiraram nos familiares.
Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, as três vítimas morreram após serem atingidas por tiros dentro da residência: duas mulheres, de 21 e 49 anos, e um homem, de 51 anos.
O triplo homicídio é investigado pela Delegacia Regional de Jaguaribe.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário