Egito suspende saída de Gaza por Rafah e não divulga nova lista; brasileiros seguem aguardando

O Egito suspendeu a passagem de pessoas na fronteira com a Faixa de Gaza e não divulgou neste domingo, 5, uma nova lista de estrangeiros autorizados a deixar a zona de guerra pela cidade de Rafah.

Segundo autoridades egípcias ouvidas pela agência Reuters, a retirada de pessoas pela divisa foi paralisada no sábado. O motivo teria sido um bombardeio de Israel que atingiu uma ambulância usada no transporte de feridos, na sexta-feira.

A passagem de Rafah é o único ponto de saída da Faixa de Gaza que não é controlado por Israel. A rota tem sido usada desde o início do conflito entre Israel e o Hamas para a retirada de estrangeiros e de palestinos feridos da zona de guerra.

Os brasileiros que seguem em Gaza ainda não foram contemplados em nenhuma das listas autorizando estrangeiros a deixar a região, e o Itamaraty tem pressionado Israel para acelerar a saída dos cidadãos. O chanceler Mauro Vieira afirmou que as autoridades israelenses garantiram que a retirada dos brasileiros acontecerá até quarta.

Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário