‘Ele quer me alijar da política’, diz Bolsonaro sobre Alexandre de Moraes

Foto: Carlos Moura/SCO/STF e Alan Santos/PR

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta sexta-feira (3) que a intenção do ministro do STF Alexandre de Moraes é alijá-lo da política e que, “no momento”, o ministro está sendo vitorioso.

Bolsonaro afirmou ainda que “está vendo” qual será a estratégia sobre recorrer ou não da segunda condenação que sofreu no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na última terça-feira (31), dessa vez por uso eleitoral do Bicentenário da Independência no 7 de Setembro de 2022. Também há multa de R$ 425,6 mil.

“É o que eu costumo dizer: você briga em casa com sua esposa e vai recorrer para a sogra? A gente está vendo qual a estratégia nossa, se bem que não tem estratégia. Estratégia é o que o Alexandre de Moraes quer. E a gente sabe o que ele quer. É me alijar da política”, afirmou o ex-presidente após pergunta de um repórter da Folha de S. Paulo.

O ex-presidente disse ainda que “no momento ele [Moraes] está tendo vitória, mas tudo nessa vida é dinâmico”.

Moraes, além de presidente do TSE, é ministro do Supremo Tribunal Federal, onde atua como relator de inquéritos que têm Bolsonaro e seus aliados na mira. O principal deles é sobre os responsáveis pelos ataques de 8 de janeiro. Bolsonaro entra nisso como suposto autor intelectual.

Bolsonaro ainda deve responder a inquéritos e a uma série de processos em várias instâncias do Judiciário brasileiro, além de outras ações na Justiça Eleitoral.

Folhapress

Nenhum comentário:

Postar um comentário