Hospital Tarcísio Maia pode ficar sem médicos pediatras

O Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, poderá ficar sem assistência pediátrica a partir do próximo dia 11 de novembro. O problema se deve à falta de pediatras devido à ausência de contrato com a empresa responsável por complementar a escala de plantões, já que apenas 20% da equipe é formada por médicos concursados. Com poucos dias para o término do contrato com a empresa atual e a inércia do Estado em lidar com a situação, a equipe médica do departamento pediátrico do HRTM teme que seja impossível manter a continuidade dos serviços de pronto socorro pediátrico.

Os médicos concursados tomaram medidas para alertar sobre a situação. No dia 19 de outubro, a equipe pediátrica do Hospital, neste ato representada pela Dra. Marina Targino, enviou ofício à 1ª Promotoria de Justiça de Mossoró, buscando sensibilizar as autoridades sobre a gravidade do problema, uma vez que as soluções administrativas no hospital não surtiram efeito.

Segundo os profissionais, o Estado teve um prazo de 72 meses para contratar uma nova empresa ou renovar o contrato com a atual, porém, essa ação não foi feita. O problema se arrastou até a situação crítica atual, em que a continuidade do pronto socorro pediátrico está em risco.

A possível falta de pediatras no pronto socorro pediátrico do HRTM preocupa Mossoró e as 64 cidades da região. O departamento pediátrico do HRTM conta apenas com seis médicos concursados, sendo quatro com carga horária de 20h semanais e dois com carga horária 40h semanais.

Por Ismael Sousa

0 Comments:

Postar um comentário

Curta Nossa Página

Posts Recentes

Marcadores

PREVISÃO DO TEMPO

VSFM 104,9-Voz Serrinhense