Influencer de 41 anos morre após infartar em condomínio de luxo em Manaus

A influenciadora Vanessa Mancini, de 41 anos, morreu na segunda-feira (6) no condomínio residencial de luxo onde vivia em Manaus. Ela faleceu em razão de um infarto fulminante, segundo uma nota divulgada pela família. A reportagem do UOL confirmou a informação.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado para atender a influenciadora, mas ela não reagiu às manobras de ressuscitação e morreu. A influenciadora e os pais dela estavam na residência.

Ainda na nota, a família disse que Vanessa era “conhecida pela sua felicidade e bom humor”. “A família pede respeito neste momento de luto”, finalizou.

A Polícia Civil do Amazonas disse ao jornal Meio Norte que a corporação compareceu na casa da influenciadora. De acordo com a PC-AM, uma investigação do caso não será aberta porque não há indícios de crime na morte de Vanessa. A reportagem do UOL tenta contato com a PC-AM.

Nas redes sociais, Vanessa tinha mais de 29 mil seguidores e se definia com influenciadora de conteúdos de “estilo de vida”. Ela também compartilhava momentos em viagens, eventos, dicas de saúde e bem-estar e sua rotina de exercícios físicos na academia.

O velório e o sepultamento de Vanessa ocorreram na terça-feira (7), em Manaus.

Família e amigos lamentam morte

Nas redes sociais, o governador do Acre e amigo de Vanessa, Gladson Cameli (Progressistas), lamentou a morte da influenciadora, que “sempre foi conhecida pelo seu humor e alegria contagiantes”. “Certamente fará muita falta. Neste momento de profunda dor externo meus mais sinceros pêsames a todos os amigos e familiares enlutados por esta perda irreparável.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário