Segundo dia de Enem vai ter esquema com 700 policiais militares nas ruas no RN

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social vai repetir o esquema de segurança para a realização do segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2023), que ocorre neste domingo (12). Novamente, serão escalados 700 policiais militares, distribuídos em 40 municípios do estado.

Pelo menos dois PMs ocuparão cada um dos 266 locais de provas. Também sserá empregado um efetivo extra para atuar exclusivamente na escolta e fiscalização.

Segundo a SESED, a escolta das provas para os locais de aplicação será iniciada às 6h30 do domingo. A partir de 11h, uma hora antes da abertura dos portões, todos os policiais escalados para atuarem na segurança do ENEM já estarão posicionados em seus respectivos postos.

O policiamento permanecerá nos locais de provas até a chamada operação reversa, que acontece com a coleta das provas pelos Correios, que também ocorrerá com a escolta da Polícia Militar.

Além do policiamento ostensivo e preventivo nas ruas, a SESED o Gabinete de Gestão Integrado (GGI) também estará operando com os diversos órgãos envolvidos na realização do ENEM, como a Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros Militar, Correios, INEP, CEBRASPE e Neoenergia Cosern.

O GGI funciona na sede da própria Secretaria da Segurança Pública, na Escola de Governo, no Centro Administrativo do Estado.

No Rio Grande do Norte, a coordenação operacional da segurança do ENEM é feita pelo coronel PM Josemário Xavier.

“Assim como ocorreu no primeiro domingo, dia 5, os alunos podem fazer a prova com toda tranquilidade”, ressalta o titular da SESED, coronel Francisco Araújo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário