Zanin se declara impedido de julgar presidente do PT no âmbito da Lava-Jato



Indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Cristiano Zanin se declarou impedido de participar de um julgamento que mira a presidente do PT e deputada federal, Gleisi Hoffmann (PR). A informação é do Valor Econômico.

Segundo a publicação, o caso está sendo analisado no plenário virtual e diz respeito a uma denúncia apresentada contra a parlamentar pela Procuradoria-Geral da República (PGR), no âmbito da Operação Lava-Jato.

O julgamento começou na sexta-feira (10) e os ministros têm até o dia 20 para se manifestar. Relator da ação, Edson Fachin votou para rejeitar a abertura de ação penal.

“Emerge da análise acurada deste procedimento criminal a constatação da insuficiência dos elementos indiciários colacionados pelo órgão acusatório para conferir justa causa à denúncia, revelando-se insuficientes a revelar a existência de materialidade e indícios da autoria delitiva, pressupostos básicos à instauração da persecução penal em juízo”, escreveu Fachin.

*Robson Pires 

0 Comments:

Postar um comentário

Curta Nossa Página

Posts Recentes

Marcadores

PREVISÃO DO TEMPO

VSFM 104,9-Voz Serrinhense