Ex-presidentes custaram R$ 8,6 milhões aos cofres públicos em 2023; veja o ranking

Os ex-presidentes da República consumiram de dinheiro público um total de R$ 8,699 milhões em 2023. A liderança ficou com Dilma Rousseff (R$ 1,9 milhão), seguida por Fernando Collor (R$ 1,892 milhão) e Jair Bolsonaro (R$ 1,851 milhão).

A média diária contados os seis ex-presidentes (ainda têm Michel Temer, FHC e José Sarney) alcançou R$ 23,8 mil. Somente com diárias no exterior de assessores, os gastos vinculados a Bolsonaro foram de R$ 648 mil. Dilma ficou em segundo, com R$ 405 mil.

Uma lei de 1986 prevê que ex-chefes do Executivo têm direito a seis servidores para segurança, apoio pessoal e assessoramento, além de dois veículos oficiais com motoristas.

Veja o ranking:

Dilma Rousseff: R$ 1.906.635,89

Fernando Collor: R$ 1.892.683,06

Jair Bolsonaro: R$ 1.851.716,26

Michel Temer: R$ 1.192.796,88

José Sarney: R$ 1.030.382,04

Fernando Henrique: R$ 803.201,48

Blog do Ancelmo Gois – O Globo

0 Comments:

Postar um comentário

Curta Nossa Página

Posts Recentes

Marcadores

PREVISÃO DO TEMPO

VSFM 104,9-Voz Serrinhense