Lula critica gestão Bolsonaro: “Quem governava era o Congresso”

Reprodução
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a criticar o ex-presidente e adversário político, Jair Bolsonaro (PL), nesta terça-feira (22/1). Segundo o petista, o antecessor era “tão incompetente” que não deixou dinheiro para cumprir as próprias dividas e compromissos” no governo.

Em entrevista nesta manhã, Lula foi questionado sobre a relação com o Congresso Nacional e citou o veto ao trecho que previa o incremento de R$ 5,6 bilhões às emendas de comissão parlamentar.

O chefe do Planalto defendeu que precisou restabelecer uma relação democrática com o Legislativo após assumir o mandato.

“Nessa questão das emendas, é importante a gente lembrar que o ex-presidente não tinha governança nesse país. Quem governava era o Congresso Nacional, ele não tinha sequer a capacidade de discutir o orçamento, porque não queria, ou porque não fazia parte da lógica dele.

E nós resolvemos restabelecer uma relação democrática com o Congresso Nacional”, disse o presidente, em entrevista à rádio Metrópole, da Bahia.

Lula afirmou ainda que “não tem nada a reclamar da relação do Poder Executivo com o Congresso Nacional” e que tem conversado sobre tudo com lideranças do Legislativo. Segundo ele, os representantes partidários têm tido “a compreensão necessária das coisas que tem que fazer”.

“Quando eu mando um projeto de lei para o Congresso, eu não quero que os deputados aceitem com muita tranquilidade aquilo que eu mandei e aprovem. Eu mando um projeto na expectativa que eles vão fazer emendas , vão ser contra, vão ser a favor, e nessa discussão a gente encontre o caminho do meio e encontre uma coisa que seja plausível para o povo brasileiro”.

Metrópoles

0 Comments:

Postar um comentário

Curta Nossa Página

Posts Recentes

Marcadores

PREVISÃO DO TEMPO

VSFM 104,9-Voz Serrinhense