Potiguar de 71 anos e amigos pedalam por 20 dias do RN até o Santuário de Aparecida (SP): ‘Fiquei emocionado’

Sebastião Azevedo (63), Zito Dantas (71), Laércio Gomes (62) e Augusto Dantas (52) — Foto: Divulgação

O ciclista potiguar Zito Dantas, de 71 anos, e outros três amigos concluíram uma pedalada que durou 20 dias do Rio Grande do Norte até o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, no estado de São Paulo. O trajeto foi de mais de 2,8 mil quilômetros pelas estradas do Brasil.

Estiveram com Zito nesta empreitada os potiguares José Laércio Gomes (62) e Augusto Dantas (52), e o paraibano Sebastião Azevedo (63).

A missão começou no dia 2 de janeiro e foi concluída no domingo passado (21), exatamente como eles haviam planejado.

“Foi emocionante a chegada aqui em Nossa Senhora Aparecida. Tenho nem palavras para dizer. Eu fiquei muito emocionado, é muito linda a igreja e também o lugar. Foi a coisa mais emocionante do mundo. Eu agradeço de coração”, disse Zito, o mais experiente do grupo.

Zito, inclusive, passou por três lesões durante a viagem, mas seguiu firme até a chegada em Aparecida, no interior de São Paulo, cumprindo a meta diária de quilometragem prevista, que era de cerca de 180 quilômetros por dia.

“Não foi fácil, todo mundo achou que seria fácil. Mas só quem pedala e quem fez esse trajeto é que sabe como é”, contou Augusto Dantas.

Durante o percurso pelo Brasil, o grupo foi recepcionado por diversas pessoas – entre ciclistas e entusiastas do desafio – que ofereciam apoio, estadia e alimentação.

“Conseguimos vários amigos. E dentro de todas essas dificuldades, nós também tivemos êxito”, disse Augusto.

Ao todo, foram 185 horas de pedalada durante todo o trajeto. As pedaladas começavam por volta das 4h e terminavam às 17h ou, no máximo, 18h.

Para se prepararem para o desafio, os ciclistas fizeram, em 2023, repetidos pedais de cerca de 150 quilômetros a cada 15 dias ou de 100 quilômetros por dois dias seguidos.

g1-RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário