Homem suspeito de matar cinegrafista de 24 anos com tiro na cabeça é preso; autor dos disparos confessou o crime

Policiais civis da 10ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em ação conjunta com a Divisão de Polícia Civil do Oeste (DIVIPOE) e a Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC/Mossoró), prenderam na manhã desta segunda-feira (05), um homem, de 20 anos, investigado pela morte do cinegrafista Carlos Romão Barbosa Filho, de 24 anos, conhecido como ‘Jubileu’, ocorrido na noite de ontem (04), no bairro Sumaré, em Mossoró. O suspeito foi preso no Conjunto Malvinas, em Mossoró.
Durante o interrogatório na Delegacia, o suspeito, que foi o autor dos disparos, confessou o crime. Um revólver calibre 38, possivelmente a arma do crime, também foi apreendido e será enviado ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) para a emissão do laudo que vai apontar o projétil e a arma utilizada na morte da vítima.
De acordo com as informações colhidas pela Polícia Civil, Carlos Romão trafegava em uma moto com a companheira quando foi abordado por dois homens em outra moto. Eles anunciaram o assalto, roubaram dois celulares das vítimas e o suspeito pediu para Carlos retirar o capacete, momento em que foi assassinado com tiros na região cabeça.
O segundo participante, um adolescente, foi identificado e está sendo procurado pela Polícia.
A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Daltro Emerenciano

Nenhum comentário:

Postar um comentário