Imagem ruim de câmera de segurança pode ter prejudicado monitoramento em presídio de Mossoró

Foto: Reprodução / TV Globo

As investigações sobre a primeira fuga realizada em um presídio de segurança máxima no Brasil, ocorrida em Mossoró (RN) na última quarta-feira, contam com uma única imagem do monitoramento de câmeras feitas na penitenciária federal. O trecho do vídeo, obtido pelo Fantástico, da TV Globo, e divulgado ontem, mostra a má qualidade no registro da saída de Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento.

Na tela é possível ver dois pequenos pontos brancos, que seriam os fugitivos passando por baixo das telas de proteção, rastejando. A pouca qualidade pode ter prejudicado o monitoramento. A fuga aconteceu às 3h da madrugada de quarta-feira, mas os agentes penitenciários só detectaram a falta dos presos por volta das 5h.

O Fantástico também apresentou dados da Divisão de Inteligência da Penitenciária Federal em Mossoró. Entre as informações do relatório constam falhas nos procedimentos de segurança e na estrutura da unidade em 2019. Entre os relatos está a tentativa de fuga de um integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), em dezembro daquele ano.

O Globo

0 Comments:

Postar um comentário

Curta Nossa Página

Posts Recentes

Marcadores

PREVISÃO DO TEMPO

VSFM 104,9-Voz Serrinhense