Operação da PF é só primeiro ato para prender Bolsonaro

As acusações contra Bolsonaro são tão graves que, julgados pelo acusador e vítima Alexandre de Moraes e demais ministros do Supremo Tribunal Federal, quase todos com sangue nos olhos, nada os livrará de uma longa condenação à prisão. A operação policial deflagrada ontem é só o primeiro passo no roteiro de final previsto: a prisão de Jair Bolsonaro. A preocupação nos setores mais responsáveis de Congresso e da Justiça é se esse desfecho terá a capacidade de incendiar o País.

São graves os indícios de que Bolsonaro e entorno cogitaram “golpe”. Logo ele, que conhece o “caminho das pedras” para o poder: o voto.

Longe da corrupção que levou Lula à cadeia, Bolsonaro não escapará da prisão. No Brasil de hoje, “golpe” é a única acusação imperdoável.

Janja e outros petistas afirmaram com convicção em várias ocasiões que Bolsonaro seria preso. Devem ter bola de cristal poderosa.

“Quem é vítima não tem condição nem equilíbrio de julgar ou conduzir o inquérito de investigação”, lembrou o senador Rogério Marinho (PL-RN).

Diário do Poder

0 Comments:

Postar um comentário

Curta Nossa Página

Posts Recentes

Marcadores

PREVISÃO DO TEMPO

VSFM 104,9-Voz Serrinhense