Proibição de banho de sol e visitas em presídios federais não será prorrogada

A proibição do banho de sol e visitas nos cinco presídios federais, adotada após a fuga de dois presos na unidade de Mossoró (RN), não será prorrogada pelo Ministério da Justiça.

A suspensão termina nesta quarta-feira (21), quando se completa uma semana da inédita fuga do sistema prisional federal criado em 2006. A rotina nas penitenciárias de segurança máxima será retomada amanhã.

Inicialmente, a proibição de banho de sol e visitas sociais e de advogados, e de todas as atividades de assistência educacional, laboral e religiosa, à exceção dos atendimentos emergenciais seria adotada até sexta-feira (16) para fazer um bate-fino nas unidades.

O Ministério da Justiça, no entanto, acabou ampliando até esta quarta-feira (21) a suspensão do banho de sol, as visitas sociais e de todas as atividades de assistência educacional, laboral e religiosa.

A nova portaria, porém, permitiu o retorno dos atendimentos de saúde, de advogados e cumprimento de decisões judiciais.

As cinco penitenciárias federais do Brasil ficam em Catanduvas (PR), Brasília (DF), Porto Velho (RO), Campo Grande (MS) e Mossoró (RN).

CNN Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário