Suspeito de ajudar na fuga em Mossoró trabalhava na empresa responsável pelas obras.

A Polícia Federal prendeu na tarde de ontem quarta-feira (21), um homem de 22 anos que — segundo as investigações — seria suspeito de ter participado do esquema que facilitou a fuga dos dois detentos da penitenciária federal de Mossoró, dia 14 de fevereiro.

Segundo informações apuradas pelo jornalista Rafael Araújo, do NOVO Notícias, o suspeito seria morador de uma localidade conhecida como Macarrão, na região Oeste potiguar. Ele foi capturado por policiais federais no momento em que chegava na sua residência.

Ainda segundo informações repassadas, o homem trabalha na empresa responsável pelas obras na penitenciária de segurança máxima, a R7 Facilities. Entramos em contato com a empresa, mas até o momento não houve retorno sobre a possível participação do empregado na ação criminosa.

O suspeito foi detido durante a ação da polícia em Mossoró. Ele ainda passará por audiência de custódia na instância federal, que deve acontecer ainda nesta quinta-feira (22).

O homem preso também prestou depoimento na Superintendência da Polícia Federal de Mossoró. Um mandado de prisão preventiva já havia sido expedido contra o suspeito.

O inquérito segue em sigilo, e por isso o nome do suspeito ainda não foi divulgado. O Ministério da Justiça informou que não tomou conhecimento sobre as informações. Já a Polícia Federal disse que não comenta casos em investigação.

*Novo Noticias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário