Força-tarefa descarta rastro de fugitivos de Mossoró em casa alvo de tentativa de arrombamento; buscas entraram no 35º dia


Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (19) as buscas pelos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró entraram no 35º dia. Na noite da última sexta (15) uma casa foi alvo de uma tentativa de arrombamento na zona rural do município. O Ministério da Justiça confirmou que cães farejadores estiveram no local no dia seguinte, mas não identificaram vestígios dos fugitivos.

Deibson Nascimento e Rogério Mendonça escaparam da cadeia no dia 14 de fevereiro, na primeira fuga da história do sistema prisional federal, criado em 2006.

A tentativa de arrombamento aconteceu na comunidade Vila Real, na zona rural de Mossoró. A dona da casa, que pediu para não ser identificada, contou à Inter TV que estava deitada quando ouviu um barulho na porta.

“Uma pessoa bateu na porta devagar, depois bateu com mais força e com mais força, até que caiu a trava da porta. Eu fiquei paralisada, já me veio logo na cabeça que eram esses fugitivos”, disse.

Segundo ela, ninguém entrou na casa e ela permaneceu deitada, com medo.

“Quando o dia amanheceu veio um monte de policial, trouxeram cachorros farejadores que andaram na minha casa todinha, mas os policiais não falaram nada”, relatou. “Eu moro aqui há 20 anos e isso nunca aconteceu. A gente não tem mais paz, quando chega a noite pra gente é um tormento”, lamentou a moradora.

O Ministério da Justiça confirmou que cães farejadores estiveram no local, mas disse que não foram encontrados vestígios que indicassem que os fugitivos passaram pelo local.

“Denúncias apontaram uma possível tentativa de invasão em uma residência na área rural; no entanto, uma segunda verificação com cães farejadores não encontrou nenhum rastro da dupla no imóvel ou nas regiões próximas”, informou, em nota, o MJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário