Promotora passa mal durante júri e morre em Mossoró

LUTO!

A promotora de Justiça Engracia Guiomar Rêgo Bezerra Monteiro morreu, na madrugada desta quinta-feira (21), após passar mal durante um júri, em Ipanguaçu, no Oeste potiguar. A representante do Ministério Público do RN chegou a ser levada para o hospital Wilson Rosado, em Mossoró, mas acabou falecendo após uma parada cardíaca.

Engracia Monteiro tinha 56 anos e atuava na promotoria desde 2014. De acordo com relatos de amigos, ela estava fazendo um júri quando se sentiu mal, dor no peito e no braço esquerdo. No final da tarde foi para a UPA de Assu, onde fez um exame de sangue e acusou infarto.

O médico encaminhou ela para o hospital Wilson Rosado, em Mossoró. Chegando lá, a promotora fez mais alguns exames e, por precaução, o médico a internou na UTI. Às 00h, ela teve uma parada cardíaca e não resistiu.

No próximo dia 1º de abril, ela faria 10 anos na instituição. O MPRN institui luto oficial pelo falecimento da promotora Engracia Monteiro. Em nota, a promotoria do Estado relembrou a carreira de Monteiro e prestou solidariedade aos familiares e amigos.

Tribuna do Norte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário